Publicado em

Conhecendo o mergulho radical

Mergulhos

O mergulho é um esporte radical que pode ser colocado de forma bem diferente dos demais. Quer saber o porquê? Bom, tente lembrar de todos os esportes ou atividades que você já viu durante a sua vida. Já viu? Vamos lá:

A grande verdade é que todos os esportes que você lembrou são praticados no solo ou no ar. Podem até existir alguns outros que são praticados no mar, como a natação e o jet-ski, mas com uma única e essencial diferença: o praticante pode respirar durante a atividade.

No mergulho radical, nós respiramos através de um cilindro. Parece estranho, não é? Afinal, estamos tão acostumados a respirar naturalmente que nem imaginamos como é depender de alguma ferramenta para fazer qualquer coisa. É por conta desta novidade que vou explicar um pouco mais sobre os tipos de mergulhos radicais.

Conhecendo o mergulho radical

Mergulho radical é considerado um esporte?

Sim!

O esporte pode ir desde o radical até o relaxante. Quer um exemplo? O jogo de peteca ou de xadrez, por exemplo, são considerados esportes sem serem necessariamente radicais.

O interessante dos esportes de mergulho é que ele pode ser tanto radical quanto relaxante. Dentro deste meio, você pode tanto mergulhar em águas termais e transparente para curtir os peixes, tirar algumas fotos e brincar com seus amigos ou fazer expedições em naufrágios, rochedos e até mesmo icebergs. Tudo isso pode variar de acordo com o seu grau de gosto sobre o assunto.

Por ser um esporte de mergulho, ele consegue te trazer diversos tipos de benefícios diferenciados, como o fato de você entrar em forma ao perder alguns quilos a mais. No entanto, ao menos na minha opinião, acho que o maior benefício de um esporte radical como o mergulho é a possibilidade de conhecer novas pessoas dentro da atividade.

Gente, é sério: a quantidade de pessoas que gostam de se aventurar na água é muito mais do que você pensa. Fora isso, existem diversos grupos especializados em mergulho que você pode conferir.

O mergulho radical é perigoso? Como posso aprender?

Olha, como qualquer esporte radical, ele pode ser perigoso sim.

Vamos falar a real? Até mesmo futebol e outros esportes de contato são perigosos, podendo muito bem gerar lesões. Se eu entrar no mundo das lutas então, nem se fala né?

Tomando os cuidados essenciais para este tipo de atividade, com a orientação certa, os perigos da atividade vão desaparecendo pouco a pouco. Felizmente, existem cursos de mergulho que podem facilmente te ajudar na hora de praticar.

Dentro do curso, serão ensinados diversas técnicas e principios básicos referente a todo mundo submarino.

Algumas práticas simples de sobrevivência em casos de emergência, além da fisiologia do próprio corpo junto aos equipamentos de mergulho, irão fomentar tudo que você precisa saber para começar suas atividades.

Para você ter uma pequena ideia, nosso organismo não consegue metabolizar corretamente o nitrogênio. No entanto, graças a constante pressão que a água acaba nos causando, nossos tecidos passam a conseguir absorver estes componentes, podendo causar sérios problemas para a nossa saúde. Viu só como a imprudência aqui não pode ser tolerada?

Acessibilidade e tipos de mergulho

Nesta altura do campeonato, acho que já chegou a hora de alguns mitos caírem um pouco por terra, não é mesmo? Para começar, vou falar um pouco mais sobre sua acessibilidade.

Muita gente acha impossível fazer um curso de mergulho graças a distância dos lugares que tenham praias. No entanto, existem escolas de mergulho que conseguem simular o ambiente exato, não sobrando nenhuma lacuna de desculpa para você não fazer o curso, não é mesmo?

Para começar, é necessário se adequar ao nível de esforço exigido da atividade. Dentro do mergulho radical, existem 4 tipos:

  • Snorkeling;
  • Mergulho Livre;
  • Mergulho autônomo;
  • Pesca submarina.

Todas possuem um equipamento básico constituído de uma máscara, snorkel e nadadeiras prontas para o uso.

Não vou me aprofundar muito nestas modalidades, considerando que vou abordá-las mais especificamente nos outros artigos deste blog. No entanto, deu para perceber o quão rico é o mergulho radical? Imagina você, com a devida orientação, ficando em contato direto com a vida marinha em águas cristalinas? Caso você seja um amante de esportes radicais ou quer um jeito de relaxar, o mergulho é certamente a atividade mais indicada para você.

Publicado em

Quais são os tipos de mergulho existentes?

Imagem de mergulho

Existem dois tipos de pergulho que as pessoas mais utilizam no Brasil, sendo eles o estilo “livre” e “autônomo”.

O esporte de mergulho em si é capaz de trazer de trazer vários benefícios para a sua saúde, principalmente para quem consegue fazer disso uma prática regular. Mergulhar é uma das melhores formas de conhecer os melhores lugares turísticos.

Quais são os tipos de mergulho existentes?

Como funciona o mergulho livre e autônomo

Um dos benefícios que ambos os estilos de mergulho pode te proporcionar é a respiração. Nestas atividades, você deverá controlar sua respiração o máximo possível, também reduzindo a hipertensão e o ritmo cardíaco.

Para te ajudar mais sobre estes dois estilos, vou falar sobre eles especificamente.

  •         Mergulho livre

É uma forma incrível e de baixo impacto para o seu corpo. Com ela, é possível conferir toda a beleza do mar e agir junto a toda vida aquática. Fora isso, sua prática também não é cara, tornando-se uma das atividades mais acessíveis no mercado.

Para você conseguir fazer a atividade, basta você comprar/alugar um snorkel, sendo aquela máscara responsável em permitir sua respiração. Sabe aquele tubo que fica fora da água? Então, é este mesmo que estou falando.

Quando disse “basta comprar um snorkel”, estou considerando que você já sabe a importância de buscar uma orientação precisa para fazer este tipo de atividade. Não vá mergulhando por ai sem monitoria;

  •         Mergulho autônomo

Já passando para este estilo, ele é um pouco mais complexo que o anterior. Parte desta complexidade fica dentro da utilização de uma scuba, sendo também chamada de “Self Contained Underwater Breathing Apparatus”. Ele é um tanque de oxigênio que fica geralmente nas costas do mergulhador, gerando oxigênio suficiente para o mesmo atingir profundidades ainda maiores.

Tanto o mergulho simples quanto o autônomo são muito bons para conseguir manter seu corpo em movimento, principalmente na época de verão onde as praias estão recheadas de pessoas querendo conhecer um pouco mais sobre a prática.

Cuidados essenciais para os mergulhos

Você deverá adotar alguns cuidados na hora dos mergulhos. No vídeo abaixo, você pode ver onde começar os seus estudos para conseguir os equipamentos específicos:

Como disse anteriormente, você vai precisar de alguns equipamentos específicos para começar a mergulhar. Junto a isso, é recomendável praticar atividades com um grupo de pessoas que tenham o mesmo objetivo que você.

Quer uma dica de ouro? Tentei sempre sentir seu corpo para conhecer seus limites, ou seja, você deve parar sempre que se sentir exaurido ou desgastado.

Outro cuidado que você tem que ter antes de partir em uma nova aventura é conhecer os moradores locais, analisando precisamente as condições de mergulho. Digo isto pois, de maneira até que comum, muitos mergulhadores inexperientes acabam sofrendo ferimentos leves devido a ambientes ou presença de animais que podem ameaçar a nossa tão querida atividade.

Infelizmente, o mais perigoso desta prática é o próprio fato do futuro mergulhador subestimar todas os perigos da atividade.

Lembra quando sua mãe olhava para você enquanto estava dentro do mar e falava “filho, não vai muito para o fundo. Você tem que respeitar o mar”? Bom, sua mãe certamente acertou na mosca! Devemos respeitar a vida aquática o máximo possível. Esta é a principal dica.